domingo, 27 de dezembro de 2009

Apetece-me.


Sabes o que me apetece realmente fazer? Ganhar asas e voar para bem longe daqui. Normalmente este é o desejo de quem está deprimido, infeliz e precisa de uma nova razão para sorrir. Eu quero partir para esconder tanta felicidade.
Por vezes a minha fortuna parece que é roubada. Quando não estão satisfeitos tentam consumir os outros para se sentirem poderosos. E eu não quero que isso aconteça mais uma vez.
Desta vez isso não pode acontecer. Eu sei que é Inverno, o sol está careta e esconde-se de mim, mas por agora posso ser eu dar luz a tanta tristeza e não aquela estrela tão quente.
Não vou ser infeliz só porque o mundo está doente e os princípios estão esgotados, eu é que vou reinar desta vez. E o melhor mesmo é ficar por aqui, a ver se ensino os bichos a sorrirem.

Um melhor ano, Maria.

3 comentários:

Cláudinha disse...

nao esperava outra coisa de ti. esse sorriso nao engana ninguem, a tua felicidade e alegria sao contagiantes, admiro-te tanto. e se algum dia destes me sentir infeliz, sei qual será a primeira porta à qual vou bater.

ti em mim disse...

gostei imenso =)

Batata disse...

Tambem tens blog??... ena pah. Agora tanta gente tem blog. Tudo bem por ai? Nunca mais ouvi nada de ti.
Um beijinho...
Ana Margarida